Cerol e linha chilena: uso é proibido, pode matar e quem usa age com irresponsabilidade

Cerol e Linha Chilena
Quem comercializa esses produtos pode responder na Justiça por tal ato

 

Férias escolares, vento, tempo seco.
Tudo de bom para quem ama soltar pipa.
Mas, cabe aos adultos orientar as crianças e adolescentes a não fazerem uso de cerol e linha chilena.
Além de ser proibido, tais produtos podem matar.
Inegavelmente quem faz uso disso, além de colocar a vida dos outros em risco, pode ter problemas com a Justiça.
Defesa Civil – Durante o último feriado prolongado, a Polícia Militar, a Guarda Municipal e a Defesa Civil agiram na apreensão de linhas chilenas e cerol.
No dia 19, no Santa Lúcia, foram recolhidos 110 carretéis em uma loja.

No dia 16 foram apreendidos 148 carretéis em outro estabelecimento, no Jd. Marília.
No mesmo dia, a GCM retirou linhas chilenas e cerol que jovens do Bairro São Gabriel utilizavam e em conversa com os pais, os guardas reforçaram a orientação quanto aos riscos de utilização deste material.
Segundo o coordenador da Defesa Civil, Orlando Neri, é de extrema importância a consciência, principalmente dos pais e responsáveis, de que as crianças evitem o uso do cerol, pois as consequências podem ser enormes.
Toda a apreensão foi destinada a Defesa Civil que fará incineração do material.
A legislação proíbe a comercialização e o uso do cerol pela Lei 7.189 de 1996.

Denuncie: Quem souber de local que vende linha com cerol ou linha chilena pode ligar 190, 199 ou 153 e denunciar.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Inline
Inline