Garotos da Pastoral da Ecologia falam sobre evento do Tietê

Abraço Solidário no dia Todos Pelo Tietê em Salto
Jovens irmãos, acompanhados de Fábio Noronha, nos deram suas opiniões sobre a destruição do rio

 

Sábado passado Salto parou para dar um grito: basta de poluição e sujeira do Rio Tietê.

Dois jovens, irmãos, integrantes da Pastoral da Ecologia da Paróquia de Cristo Rei acompanharam o debate promovido no Ceunsp.
Por causa de um desafio nosso, aceitaram falar sobre o evento e o seu objetivo.
Veja o que eles pensam:
“Um dos principais problemas ambientais que temos enfrentado é a poluição dos rios e o Brasil é um país que continua com uma grande quantidade de rios poluídos, entre eles o nosso Rio Tietê.
São vários os elementos que podemos encontrar no Rio Tietê e que são jogados por nós, causando grandes consequências à saúde do próprio rio.
O esgoto doméstico que é despejado no rio é um dos principais vilões, causador da morte dos peixes, do mau cheiro e da formação das espumas.
Enquanto várias cidades do mundo possuem rios em cujas margens as pessoas podem desfrutar de passeios e momentos em família, infelizmente para nós, não é possível aproveitar da mesma felicidade com a situação que nosso rio está”.
(Thaila Cristina de Deus Machado e Luiz Felipe de Deus Machado)

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Inline
Inline