Denúncia: trabalhadora de Itu pede proteção contra Covid-19 em fábrica do Jacaré, em Cabreúva

Blog do Nelson Lisboa Cabreúva
Segundo internauta, são muitos ituanos que atuam em Cabreúva e, na empresa do setor de alimentos, ela pede mais seguranças (fotos: reprodução internet)

Uma internauta do Blog do Nelson Lisboa, moradora de Itu, nos contatou para uma denúncia séria.
Ela trabalha em uma empresa do setor de alimentos, que tem mais de 900 trabalhadores, nas margens da Rodovia Dom Gabriel Paulino Couto, em Cabreúva.
Ela afirma que a empresa tem vários trabalhadores afastados por Covid-19 ou por suspeita e que estaria oferecendo muito pouco em segurança para todos que ali trabalham no manejo dos animais.
Segundo ela: “o vestiário é um Deus nos acuda, com todo mundo em local apertado e insuficiente para tantos. A empresa não toma providências”.
Prefeitura – A reportagem questionou a Prefeitura de Cabreúva, que afirmou que a cidade tem hoje (19), 33 casos confirmados de Covid, sendo 11 deles apenas no Distrito do Jacaré, onde fica a referida empresa.
A Prefeitura garante que não tem poupado esforços para, desde o início da quarentena, interagir com todas as empresas no sentido da adoção de medidas sanitárias e demais protocolos de saúde, visando a segurança dos trabalhadores.
Em nota, diz que “as empresas receberam protocolos da Vigilância Sanitária sobre práticas preventivas necessárias ao momento. A implementação e a prática delas, contudo, depende da mobilização de cada empresa. À Prefeitura compete a fiscalização, o que vem sendo feito desde o início da pandemia”.

Clique aqui e veja a página da Prefeitura de Cabreúva.